Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Pensamentos Filosóficos’ Category

Larissa Zanata – @lariviviani

Ok, ok. A proposta desse blog é dar uma parada nessa vida, tomar mais uma com limão e relaxar. Mas vamos falar sério? Política. Papo chato, né? Mas importante.

Com a eleição presidencial chegando não tem como fugir do assunto. Afinal, nesse país tropical, o voto é obrigatório. Eu sou contra. Acho que só devia votar quem quisesse votar, mas, contudo, porém, sei que isso não é possível aqui. Como diria minha mãe: “aquilo é uma putaria“. Já é, agora imagina só como ficaria…

Não vim fazer campanha. Serra, Dilma ou Marina. Vim só falar uma coisa que acho muito importante colocar nas pequenas-cabeças-pouco-informadas-brasileiras. E não falo isso porque sou super informada. Não, não. Falo isso porque escutei mais de uma vez em discussões eleitorais/políticas a seguinte frase: “Não vou votar na Marina Silva porque ela não vai ganhar”.

Isso é crucial. Vote em QUEM VOCÊ QUISER. Só não deixe de fazê-lo porque a chance de X é menor do que a de Y. Não faça isso, não desperdice seu voto. Vote com consciência.

Se você quer votar na Dilma, vote, mas não vote porque o Lula quer. Você quer votar na Marina? Vote. Não deixe de votar porque ela tem menos chances. Quer votar no Serra, vote. Só não vote nele por ser mais um rostinho bonito.

Ainda há tempo: leia, informe-se, reflita. Nós podemos fazer do Brasil um lugar melhor. É difícil de acreditar, mas acredite.

Read Full Post »

Larissa Zanata – @lariviviani

Eu realmente acredito que pensamentos positivos atraem coisas boas. Não que eu seja a pessoa mais positiva do mundo, mas eu me esforço. Nessas últimas semanas as coisas andam difíceis: final de semestre, trabalhos, trabalho, pouca grana e ainda muito mês. Não, não vim aqui pra desabafar, reclamar, etc. Minha vida é muito boa, não posso negar.

Eu tenho um emprego, curso uma faculdade boa… qual a porcentagem de pessoas no nosso Brasilzão que pode dizer a mesma coisa? Não é fácil, mas não dá pra ficar reclamando de barriga cheia.

Já falei do Don’t touch my moleskine aqui? Então, lá sempre aparecem uns posts com ideias/fotos/coisas lindas. E essa semana divulgaram um projeto chamado A Beautiful Revolution. Lá, o autor coloca alguns desenhos, frases sobre vida/pensamentos. Um deles é o Quantum Physics Diagram (por enquanto são só 3 “gráficos” e, na minha opinião, podiam ser mais):

Sabe, “o caminho para a razão está na simplicidade do pensamento”. É por ai, é por ai…

Read Full Post »

Larissa Zanata / @lariviviani

Hoje na aula o Liberal (lá do Música Mel) pegou meu celular, mas logo desistiu de fuçar – meu celular é um tanto “complicado”. Como a aula não estava rendendo muito, desbloquei o celular e entreguei a ele. Ele tentou escrever uma mensagem, mas o tico e teco dele realmente estavam com dificuldades. Fiquei olhando aquela cena (ou “sena” – alguém ainda se lembra disso?) com certa dó e ai me lembrei de uma foto bizarra que guardo na minha pasta de fotos. Como o Lib tem um humor parecido com o meu, resolvi mostrá-la.

“Você que tirou? Manda isso pro Kibeloco!”. Não, não vou mandar a foto para ela aparecer lá no Pracas do Braziu, até porque não acho a foto engraçada, acho ela irônica, mas a reação dele me deu uma ideia para esse post.

Você já percebeu quanta gente escreve algo não necessariamente errado, mas com uma ambiguidade GIGANTE e às vezes nem se toca disso?

Um clássico exemplo de ambiguidade

Acontece que no feriado da páscoa fui pra casa de uma amiga lá em Ilha Bela. Na volta estávamos na balsa conversando dentro do carro e eu bati o olho na traseira de um caminhão. Lá estava estampada uma frase sem noção, tanto que fui assim que a nomeei no meu celular. Agora, ai que tá o X da questão. Tem vezes que a ambiguidade é proposital, mas não tive coragem de descer e perguntar para o senhor caminhoneiro:

"Moço, você percebeu que a frase ficou um tanto... eeer... ambígua?" (clique na foto, ou não)

Read Full Post »